Depois de ingressar na faculdade de Direito você percebeu que ser aprovado no vestibular era o menor de seus desafios como aluno? Pois é. Seguir a carreira de advogado exige muito estudo e muita dedicação.

Com isso em mente, selecionamos algumas dicas que vão ajudá-lo a estudar e aprender Direito da melhor forma. Acompanhe.

1.      Use técnicas de aprendizado

Uma das maneiras mais garantidas de estudar e aprender não só apenas Direito, mas qualquer disciplina, é lançando mão de técnicas de aprendizado. Isto porque alguns fatores são fundamentais na hora de aprender:

  • Hábito da leitura;
  • Ter uma excelente interpretação de texto;
  • Ser capaz de se manter focado no que está estudando, e
  • Ter boa memória.

Lembre-se que todas essas características podem – e devem – ser adquiridas. Estudar Direito é somente o início de um longo caminho de estudos.

2.      Na hora de estudar não queira estudar tudo

Isto significa que, se você não tem um objetivo de estudo definido, é preciso estabelecer um o quanto antes. Dessa forma, você vai direto ao ponto do que precisa estudar e não perde tempo de seu cronograma de estudos em assuntos que não serão necessários neste momento.

Isto também se aplica se você estiver estudando para o Exame da Ordem ou até um Concurso público, ou seja, se atenha ao que está sendo exigido, organizando e otimizando o seu tempo.

3.      Compreenda sua leitura

Não é segredo que quem estuda Direito precisa ler muito. No entanto, pelo menos enquanto não tiver experiência profissional suficiente, procure livros e outros materiais de leitura que sejam de compreensão adequadas ao seu vocabulário.

O vocabulário jurídico é muito complexo e pode gerar muitas más interpretações aos iniciantes. Portanto, uma boa dica é adquirir um dicionário jurídico para auxiliar na compreensão de suas leituras.

4.      Não se sinta intimidado pelo Direito

Mesmo os advogados e magistrados mais conhecidos e admirados deram o primeiro passo e já estiveram na mesma situação em que você se encontra agora. Use este pensamento para manter-se motivado e não se deixar intimidar pela complexidade das matérias.

Quando estiver estudando algo que, à primeira vista, parece incompreensível, respire fundo e leia quantas vezes forem necessárias. Use livros de consulta, dicionários e, se desejar, peça ajuda a um professor ou profissional em que confia. O importante é não desistir.

5.      É impossível conhecer todos os detalhes de todas as leis de uma só vez

Todas as leis e teorias que você precisa estudar estão repletas de detalhes e nuances que, certamente, não conseguirá compreender e aprender de uma vez só. Por isso, uma boa dica é ter uma visão geral das leis e ir se aprofundando em leis específicas aos poucos ou conforme a sua necessidade.

No entanto, uma é importante conhecer como é feita a organização das leis. Os títulos estão distribuídos nos capítulos. Estes, em artigos que estão divididos em seções. Os artigos, por sua vez, são constituídos de parágrafos, incisos e alíneas, e assim por diante. Estar familiarizado com esta dinâmica pode contribuir para o seu aprendizado.

 

Dica bônus: na hora de se preparar para o Exame da Ordem ou um Concurso Público, investir em um material didático que poderá aumentar suas chances de aprovação também é uma dica importante. A aprovação está bem mais próxima do que você imagina.

 

Baixe agora o e-book gratuito com os 4 Passos para Aprovação na OAB.